InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Eros

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 21/03/2010

MensagemAssunto: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 1:18 am

Por que me abandonou, irmã?

Todas as noites posso vê-la correndo em minha direção, porém sou incapaz de lembrar da sua face. O inesquecível cheiro do seu perfume atormenta minhas memórias e me faz prisioneiro delas. Ela tenta se aproximar, mas não consegue me alcançar, era como se, o espaço não existisse, obrigando-a correr por toda a eternidade sem jamais me encontrar...

Ao abrir meus olhos percebo que já havia anoitecido, a julgar pela minha experiência, já eram mais de dez horas da noite e eu estava...Com fome...

Incontáveis noites se passaram depois do meu despertar, preso neste invólucro carnal já sem vida, tento desesperadamente encontra-la neste mundo, nesta era tão deplorável. Mas minhas buscas mostram-se infrutíferas, por não conseguir nenhuma pista que pudesse me levar ao teu paradeiro.

Olho para os céus todas as noites e procuro pela sua estrela e quando contemplo seu brilho, eu percebo o quão longe você está de mim...irmã...


*Agora o sangue quente corre por todo o meu corpo, por alguns instantes, posso sentir uma vida ilusória despertando dentro de mim, mas assim que a ultima gota é sugada do corpo daquela frágil garota, as trevas tornam a me amaldiçoar. Mas nada que eu já não esteja acostumado, já que sou filho de Caos e as Trevas é uma de minhas irmãs mais zelosas*

*Caminho solitário pelas ruas londrinas envolto por sua costumeira neblina densa e baixa temperatura. Estava usando o costumeiro sobretudo preto, muito apreciado pelos mortais desta geração, uma calça social, bem como um belo e polido sapato preto para combinar com o sobretudo. Aos olhos daquela gente, eu era um executivo, uma pessoa da elite, um lugar que...eu muito aprecio...*

Eles esqueceram da fé, esqueceram de todos nós...oh! minha querida irmã, como eu anseio em encontra-la...

*Parado diante do famoso Big Bang, fico apreciando o relógio que marcava naquele instante onze horas da noite...estava na hora de agir*


Última edição por Eros em Dom Mar 21, 2010 9:51 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante



Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 2:04 am

[b]
"não entendo o significado disso, não sei porque tem que ser assim, calem-se loucos demonios esta noite não será manchada por um veludo vermelho, essa será uma lua adormecida no véu solene do silêncio"
que bela brisa essa, tão inocente que chega a desconhecer o que até os deuses não conhecem

*caminho entrelaçando as pernas numas ruas onde a luz é feita por postes encurvados numa praça com pequenos bancos para amantes da madrugada*
*caminho até um dos bancos me sentando calmamente admirando o que de longe parecia ser um enorme relógio*
tão bela a criação dos homens, mas....
não seria possivel, um demonio não faz o serviço dos anjos....
malditos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Denis



Mensagens : 2
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 2:09 am

[b]ridículo
fica filosofano como se fosse alguem
tosco hipócrita, feche esses malditos olhos e suma
*sentado ao que parecia ser ao lado daquele homem de cabelos brancos como a neve, meus olhos se enchiam de ódio, não suportava tantos blablablas*

veja... aquela senhora se aproximando, ta com fome não? aposto que sim, pois se não tiver eu estou!!!

*tento me levantar mas algo me prende aquele banco*
maldito, me deixe, o que fez comigo... anda anda.. deixe-me
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eros

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 21/03/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 2:25 am

Camarilla, Sabbah, Inconnu...nada disso tem significado algum para mim

*olho para a torre onipotente do BigBang e fico contemplo uma minuscula sobre de forma humanoide em meio às trevas noturnas, sua aura emanava uma belissima cor branca, um raro ser no mundo que tinha dentro de si uma pureza quase divina*

Quem é...* murmurei surpreso, em seguida, a forma desapareceu diante dos meus olhos, porém não tive tempo para lamentar minha unica pista, quando ouço uma voz atrás de mim. Minha face volta-se na direção da voz e contemplo um homem de cabelos prateados sentado em um banco*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante



Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 2:33 am

tosco imponente.. pensa que a força de tua fúria é algo com que me importe..
suas vãns palavras não passam de só palavras, agora fique em silêncio

*logo percebo alguem me vigiando logo mais a frente, não conciguia ver sua face..
permaneci quieto, só era possivel ouvir os murmuros daquele sujeito agressivo com o rosto ao chão e os bater das asas dos pássaros que por ali passavam
enquanto akele homem me encarava.. fiquei encarando-o igualmente, mas ao mesmo tempo olhando a senhora que passava lentamente pela praça em direção a uma pequena pensão logo mais a frente*
"hummm.... tão inocente os humanos, o que seriam sem nossa proteção"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Denis



Mensagens : 2
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 2:38 am

solte-me maldito
acabarei com tua vida um dia, saberás que essas palavras não são só palavras
solte-me solte-me

*murmurava murmurava, mas parecia ser totalmente ignorado
meus olhos ardiam em uma tonalidade verde como um demônio querendo sair*
malditooooooo

*desapareci daquele lugar como uma sombra, mas antes de desaparecer olho para o lado do homem sentado no banco e apoiando-o com as mãos em seu ombro estava a imagem trasparente de alguém que me era muito familiar, possuia a mesma aparência minha e do homem sentado mas seus cabelos eram azulados, como as fortes ondas dos oceanos, ele olhava em minha direção como se esperasse algo de mim e simplesmete estivesse desapontado, mas ao mesmo tempo parecia estar contra mim.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eros

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 21/03/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 2:53 am

*Fico observando aquele ser, ignorando qualquer ação que ele estivesse fazendo naquele momento ou quem estivesse acompanhando-o, a imagem dele era onde estava o meu foco, era como se o conhecesse de algum lugar.*

Impossível!...Nunca o vi em toda minha existência, mas...

*passei minha mão direita ao longo dos meus cabelos e fechei por alguns breves momentos meus olhos, em uma tentativa de espantar aquela sensação estranha que tomava conta de mim. Caminhei então na direção do sujeito, porém sem encara-lo nos olhos, ao passar por ele nada fiz, continuei impassivel como se não pudesse vê-lo.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante



Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 3:02 am

*vendo ele se aproximando, meus olhos se contraem tentando olhar para sua face... tentando identificar.. mas logo me canço dakilo*
"vampiros... hãm"

*me levanto em silêncio e começo a caminhar para um hotel próximo...
de repente minhas pernas travam e tudo se escurece... como sempre acontecia só acordaria no dia seguinte.. ou se algo acontecesse comigo*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel

avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 3:09 am

malditos infantis
não sabem a resposta de nada, não sabem quem são e nem o que são
ridículos, mas os amo....

*murmurei aos meus proprios ouvidos, ninguem perto poderia ter ouvido*
"tenho a impressão de que conheço esse homem que acaba de passar por mim, mas quem se importa..."

*estico o corpo despreguiçando os músculos e começo correr dali, virando a esquina meus pés travam sem saber por que, meus olhos fixaram-se em sombras e permaneço mudo esperando algo sair dali... ou quem sabe era minha imaginação ou ilusões embaçando meus olhos...*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alicia

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 20/04/2009
Localização : porto alegre

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 4:15 am

(ajudando antes: um pequeno índice:
"... " - falas
* ... * - falas 'intermentais' XD falas mentais entre as personagens; vocês não escutam (a não ser que tenham auspícios 4..)
e.. é isso! só pra não deixar ninguém confuso! >__<
obs1: a música que a Annie está cantando, e a melodia! - https://www.youtube.com/watch?v=IlX4vCoXhBs )

---x---

tec... tec.. tec...

tudo o que eu escuto são os barulhos que meus sapatinhos fazem na calçada. É tão difícil ter esse silêncio, que agora eu penso que esses pequenos sons em intervalos são os mais relaxantes que já ouvi.
eu olho para cima, e sorrio para o Big Ben.
Que engraçado, eu penso; Catherine me disse que eu sou inglesa, mas eu nunca tinha conhecido a Inglaterra antes. Mas como isso é possível? Mas de repente me sinto tão feliz, de fazer parte de uma cidade tão bonita, mesmo que seja a primeira vez que eu a visito.
"É só..." eu suspiro "tão linda..." *É verdade.*
Volto a caminhar lentamente, na verdade quase me arrastando. "É uma pena.. né? Que não podemos ficar muito tempo.." *Sim. É só questão de resolver o assunto e partiremos* "Eu não entendo por que" solto um bufo. Vou até um pequeno banco, e me sento nele. Repouso ao lado o que eu levava nas mãos - uma caixa de tamanho médio, de madeira escura.
*Eu já lhe falei, Annie. Londres é uma cidade da Camarilla. Não acha que eles iriam permitir que ficássemos zanzando livremente por seus domínios, certo? Eles são atentos a tudo.* "Sim..." baixo um pouco a cabeça. Eu nunca vou entender esse tipo de coisa... ouço um riso leve ecoar na minha cabeça *Não se preocupe. Deixe que eu lido com isso. Na hora certa* "Uhum... mas, mesmo assim, é algo que não entendo mesmo" levanto a tampa da caixa com o dedo, e dela começa a tocar uma doce melodia. A rua está deserta, o que faz a canção ecoar pelo ambiente. Parece uma cantiga de ninar. Na caixa, a pequena figura de uma bailarina faz movimentos circulares, acompanhando os acordes da suave musiquinha. Sinto outro riso na minha cabeça. Rio também "Que foi?" *Você... está linda. Parece uma boneca de porcelana, com esses cachinhos e esse vestido branco de rendas* Nego com a cabeça. "Bobona".
Arquejo minha cabeça para o alto e canto para o céu muito escuro, enquanto balanço minhas pernas, as mãos agarrada na borda do banco.

"haru ni saku hana.. natsu hirogaru sora yo.. kokoro no naka ni kizamarete kirameku.
asa ni furu ame mado o tozasu hi ni mo..mune ni afureru hikari wa kumo no ue..
yorokobi kanashimi subete idaite aruiteru
watashi no te to kimi no tewo
tsuyoku tsunagu mono..."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eros

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 21/03/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 4:44 am

(Musica fofa xD)

Não podia perder tempo com futilidades, o enorme relógio marcava exatamente onze horas e dez minutos...independente de quem fosse aquele homem, ele teria que ficar para depois. Comecei a correr desesperadamente, o ponteiro do relógio marcava agora onze horas e onze minutos, estava indo depressa demais, eu não ia conseguir, dobrei a esquina, enquanto a visão do big bang ficava para trás às minhas costas e se distanciando mais e mais. Empurrei pessoas que cruzavam meu caminho, corria feito um louco alucinado...parei diante de uma Igreja góthica*

Foi dito que a pessoa estaria aqui se encontrasse problemas de aparecer no bigbang...ela estaria me esperando...seria minha...

BUMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM!!!!

*Uma explosão, uma forte explosão surgiu de dentro da igreja, o impacto produzido fez meu corpo voar metros de distância e ir de encontro ao chão. Enormes labaredas eram formadas a medida que o fogo era alimentado pelos mais diversos produtos quimicos que deveria haver dentro daquele templo. O lugar estava quente como o Inferno.*

*Então ele surgiu onipotente na minha frente, enquanto meu corpo ainda estava no chão, completamente coberto pelas cinzas daquele templo sagrado*

Eros! Você demorou demais...perdeu a sua unica chance de encontrar a sua irmã...

Quem é???*murmurei abrindo lentamente meus olhos, mas meu corpo tinha relutância em conseguir mover-se, principalmente por causa de um enorme pedaço de madeira ter atravessado meu abdomen, estava sangrando e muito*

Pobre criança...tenho pena de ti, depois de tudo que lhe fiz, você perdeu tudo Eros...tudo...e agora perderá sua existência, que a sua alma desapareça deste e do outro mundo...

*a unica coisa que meus olhos conseguiram contemplar foi apenas os pès daquela figura misteriosa e uma lâmina prateada surgiu muito próximo da minha face, observei ela lentamente se erguendo aos céus, meus olhos miraram a face do meu carrasco, mas o que pude enxergar foi apenas sombras. Eu iria desaparecer daquele mundo para sempre...*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel

avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 5:03 am

*ao parar na esquina... logo percebi a sombra que me fez parar no tempo por alguns instantes... era a imagem retorcida de alguem do passado.. não pudia ver teu rosto tão pouco reconhecer quem me trazia tantas lembranças*

[i]va Deg.. esse é teu momento.. mas este caminho não terá volta, pense bem se é isto que deseja....

*as lembranças são bruscamente interrompidas por aquela explosão do outro lado da rua... de repente vejo em meu lado Denis, parecia ter acabado de despertar do frenezi


maldito... cainita ridículo, meu desejo é teu coração pulsando em minhas mãos... Deg.. ficará parado?... tu não tem amor por quem ficou em tuas memórias?, não lamentará com o sangue dele em tuas mãos?...

cala-te... não sabem nem teu próprio nome ou quem tu é.. não me atrapalhe...
*era inevitável.. mas a raiva tida nos olhos de Denis me contagiava segundo a segundo... meu mau me corroia por dentro, minha ansiedade por respostas que acabara de perder poderia me matar, não sabia quem ou o que havia feito akilo... mas de longe solto um grito extremamente alto que todos naquela região poderiam ouvir.. talver enlouquecer momentaneamente.. ou somente atordoar.. mas ao certo era um grito de ódio*
MALDITO PAGARÁS COM A VIDA...MORRA DE LOUCURA PELA PRÓPRIA ESPADA....

*voava em sua direção com as mãos preparando um soco para acertá-lo.. mas em instantes começo a tropeçar tentando parar meus movimentos....alguem me chamava.. tentando impedir alguma loucura que pudesse estar cometendo...*


Deg... pare.. não é isso que deve fazer
irá me ignorar e seguir seus instintos? mais uyma vez cair no erro que lhe custou muito??
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CAIN
Admin
avatar

Mensagens : 74
Data de inscrição : 19/04/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 5:15 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vampiroamascara.forumeiros.net
Kristen

avatar

Mensagens : 54
Data de inscrição : 23/04/2009
Idade : 30
Localização : Londres, Inglaterra

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 5:37 am

Depois do toda algazarra dessa manhã eu, literalmente necessitava de uma boa refeição. As ruas de Londres costumavam ser pouco agitadas e ficar sozinha durante a noite era uma ótima maneira de por os pensamentos no lugar. O congresso não tinha sido bem sucedido e isso tinha me deixado uma pilha de nervos, pronta pra matar o primeiro insolente que entrasse no meu caminho.

“Monótono... sempre monótono.” *É preciso parar de pensar nas coisas desagradáveis dos últimos anos, isso não resolveria nada afinal.* "Pensar é fácil, mas nada é tão simples."

Continuo caminhando em direção a um cruzamento que levaria ao grande relógio Big Bang, eu poderia subir ali e observar a cidade de cima. *Se isso ajudar um pouco que seja...* Estava a ponto de atravessar o enorme cruzamento quando algo chama minha atenção. Uma explosão próxima dali joga um amontoado de cinzas no ar.

“Ótimo era só o que me faltava!”

Eu deveria sair dali o mais depressa possível, aquilo certamente chamaria a atenção e eu não podia me dar ao luxo de ser vista. Dei dois passos para trás, mas a curiosidade era um pouco mais forte do que meu auto controle. *Vamos mexa-se, saia logo daqui.* Não conseguia mais raciocinar eu precisava checar, começo a andar em direção a confusão de labaredas dois quarteirões mais a frente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alicia

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 20/04/2009
Localização : porto alegre

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 6:36 am

A explosão faz com que eu dê um pulo do banco onde estava sentada. A melodia que saía da caixinha deu uma pequena arranhada, mas voltara a tocar normalmente. Eu olho para o lado. "O que... o que é isso?" Murmuro, olhando aterrorizada à grande nuvem de fogo e fumaça que se levantara ali perto. *Obviamente não pode ser algo de bom. Fique fora disso* Mas antes que ela pudera terminar a frase eu já havia recolhido minha caixinha de música e já corria em direção à confusão recente. *O que pensa que está fazendo? Pare agora, Annie!* "Eu... eu preciso ver se há feridos, preciso ver o que está acontecendo." Murmuro baixo. *Isso não é da sua conta; pode ser uma confusão da Camarilla. Não se meta!* Eu já consigo ver as silhuetas ao longe.. e.. as chamas são tão... aterrorizadoras. *Deixe-me assumir, então* "Não... não é necessário" *Há outros cainitas ali; deixe-me assumir, Annie!* "Não se preocupe..." Me aproximo dolugar, mas mantenho distância. A caixinha de música está apertada contra meu peito. Franzo as sobrancelhas, meu olhar vai da mulher para os outros que ali estavam. Sinto algo remexer em meu interior. Eu... eu não quero admitir. Mas... estou apavorada. Arrisco falar, em tom baixo. "O que... o que está acontecendo aqui?". Engulo em seco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eros

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 21/03/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 6:51 am

Não consigo movimentar um músculo para impedir o golpe fatal que o cainita iria desferir. Só conseguia pensar em minha irmã, ela precisava de mim...e eu não iria encontra-la, estava tudo acabado...

*Foi nesse instante em que pude ouvir, um grito, um grito distante em minha mente e que se aproximava rapidamente até envolver completamente minha mente, tentando destrui-la com uma força terrível* Ah!ahhhhhhhhhh!!!!*nesse momento já não mais tinha consciência alguma, fraco e miseravel, meu corpo finalmente desistiu junto com minha mente, por fim, havia sido derrotado e perdido todos os meus sentidos.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CAIN
Admin
avatar

Mensagens : 74
Data de inscrição : 19/04/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 6:57 am

*As pessoas se aproximavam do local rapidamente afim de contemplar o caos ali gerado. Muitos tinham lágrimas nos olhos, a Igreja Católica tinha aproximadamente dois séculos de existência, um verdadeiro tesouro da história da humanidade, virava cinzas diante dos olhos de muitos fiéis.* PADRE SEBASTIANNNNNNNNNNNNNNNNNNNN!!!!*alguém gritava ao fundo, um homem com lágrimas nos olhos que corria em direção ao templo sagrado, sendo impedido por outras pessoas, era inutil ele prosseguir, se Padre Sebastian estivesse dentro daquele templo com certeza o homem estaria morto. Em poucos instantes ambulancias, oficiais da policia, bem como bombeiros chegaram ao local para controlar a situação e acalmar a população.

Alguns minutos mais tarde, o carro de varias emissoras de imprensa estavam no local transmitindo a igreja em chamas ao vivo, por todo o país. E com certeza tal disturbio preocupava membros importantes da Camarilla que mantinham a ordem do lugar*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vampiroamascara.forumeiros.net
Felippe Volodkevich



Mensagens : 1
Data de inscrição : 21/03/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 7:04 am

*ergui com as mãos minha espada acima da minha cabeça, mirando o pescoço de Eros, finalmente iria por um fim naquela história. Era um problema que estaria resolvido definitivamente. Porém...*

Droga!!! ahhhhhhhhhh...*minha espada caiu no chão exatamente ao lado de Eros, levei minhas mãos até minha face, um grito, um grito alto e avassalador penetrou minha mente impedindo que eu pudesse agir ou pensar em qualquer coisa. Aos poucos fui perdendo a visão, meu corpo cedeu e fiquei ajoelhado sentindo dores fortes, não via as pessoas se aproximarem, não podia ouvi-las, a dor era imensa e eu sentia que se não deixasse aquele lugar, minha insanidade e minha não vida terminaria naquele instante. Então reunindo toda minha força de vontade, recobro a consciência para poder fazer apenas uma coisa, me teleportar para longe dali, longe da multidão que era formada aos poucos. Se alguns mortais viram utilizar meus poderes sobrenaturais, era a minha menor preocupação* Escapou por pouco...desta vez....Eros
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel

avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 7:31 am

*me levanto em instantes correndo ainda na direção daquele homem que aos poucos sumia da minha visão... *

seu tolo não preciso me preocupar com o passado.. suma da minha visão

*minha visão começa ficar torpe.. clareia ao extremo voltando ao normal em poucos segundos... assim como minha raiva acalmava.. minha mente aos poucos se fez fazia benevolente*


deg.. continua o msmo

me perdoe se não lhe dou a atenção suficiente Dan.. os erros do meu passado ainda me assombram.. mas ainda sinto a dor de outrora

*desacelero o passo olhando para os lados.. procurava os estragos feitos e os que eu poderia ter causado
havisto uma mulher com um guarda chuva próxima ao banco e outra cainita jovem se aproximando dos escombros... e ao olhar na direção da igreja em chamas.. dentro podia sentir as auras em tons laranjas... meu medo do fogo estava gigantesco.. mas meu maior defeito me distinguia do restante dos cainitas ali presentes.. humanos estavam prestes a morrer.. sendo que alguns ja estavam mortos
com o sobretudo cobrindo grande parte do meu corpo e sendo apoiado por dante nakele momento.. me senti no dever de salvá-los da morte certa...
mas ao me aproximar.. vi o cainita que foi atacado caido quase inconciente no chão*

maldito sortudo.. deveria queimar em brasas

"maldito sortudo...? queria entender o que passa pela tua cabeça.. juro..."
ei, EIII

*dava alguns empurrõesinhos com a mão no rosto tentando trase-lo de volta ao real*

*tirei-o de perto das chamas.. pq até eu estava meio incomodado naquele lugar e deixei com que os bombeiros cuidassem dos que estavam dentro da igreja. leveio no ombro até um dos bancos.. mas meus olhos não desviaram a atenção da cainita que a pouco estava sentada.. sua aura me chamava muita atenção e me preocupava com a jovem que se aproximava da confusão*

"bondade é para os fracos.. não aprendeu isso ainda.. fica dando ouvidos a esse branquelo ai... só se fode mesmo.. daki a poco cai morto e não sabe porque.. tem sorte que sempre estive aqui"

"por que não te calas um pouco..."
*caminhava em meio a várias escadas de ponta cabeça.. era um verdadeiro labirinto.. corria me escondendo abrindo portas procurando um lugar para ficar só... entro em uma grande porta de madeira antiga... com doi ferrolhos no meio*
"assim ficarei em paz"

*as imagens de dante e denis sumiam da minha mente lentamente*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kristen

avatar

Mensagens : 54
Data de inscrição : 23/04/2009
Idade : 30
Localização : Londres, Inglaterra

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 7:59 am

Aquilo tinha virado uma confusão realmente... e não ia demorar pra piorar. Vou andando calmamente pra perto do ocorrido, mas longe o suficiente pra me manter segura. Havia, dentre muitos humanos, três vampiros e isso não era muito agradável, tirando que minhas experiências com outros clãs não foram la, muito amistosas...
Paro ao lado de uma árvore.
Das três criaturas da noite ali presentes a mais próxima era uma mulher que carregava uma caixa nos braços e os outros dois estavam próximos a igreja em chamas, mas pareciam não chamar muito a atenção dos humanos para si.

*Só loucos pra se expor assim!* Era óbvio que se os responsáveis por cuidar dessa área aparecessem, eles teriam sérios problemas. *Não que eu tenha alguma coisa com isso.*

Mesmo assim a garota parada ali, como se estivesse em outro mundo, me chamava atenção. Fui caminhando lentamente pra mais perto de onde ela se encontrava mantendo uma distancia segura e quase por impulso comecei a falar.

“Noite agitada hein? Não acho muito seguro ficar aq[ui numa hora dessas, isso pode pegar pro seu lado.”

*Porque eu me importo? Melhor sair logo daqui antes que algo pior aconteça* Observei a cena pra me certificar que os humanos que ainda pudessem ser salvos estavam sendo tirados e me virei para sair.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alicia

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 20/04/2009
Localização : porto alegre

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 8:28 am

Dou um pulo no lugar de susto. Olho para o lado, para a pessoa que havia falado comigo. "Hâm...?" Minha voz saíra um pouco rouca; pigarreei de leve. "Ah.." Afirmo com a cabeça. "Tem razão... eu estava por perto quando ouvi a explosão, mas.. n-não.. sei o que pode ter sido.." Aperto a caixinha mais contra meu corpo. "Espero que ninguém tenha se ferido.. digo, a não ser aquela pessoa. Ela parece bem.. ferida..." Cuido a pessoa caída, e logo em seguida meu olhar cai sobre o homem que a amparava. "Mas eu juro que não fui eu que explodiu isso!" Afirmo rápido, rindo um pouco. "E acho que você também não foi... né? Assim como eu, você acabou de chegar aqui.. não é?" Eu não conseguia desviar meu olhar daquela pessoa.. por que... algo me fazia tremer, só de olhar para ela. Mas também algo me faz... ter afeto por ela. É, algum tipo de.. afeto.. *Vá embora, Annie* Não, ainda não.. eu sinto que.. preciso.. *Eu tenho de concordar com esta garota: aqui não é um lugar seguro. Vá embora!* Eu preciso... "descobrir. Eu preciso descobrir" murmuro baixo. Meus pés movem-se sozinhos em direção aos dois homens.

tec... tec.. tec.. são os barulhos que meus sapatos fazem no chão. mas agora não está mais... tranquilamente silencioso como antes. Não.. sempre dura pouco..

*aaah... o que é isto, huuum? Isso, chegue mais perto, chegue. Está sentindo,é? Eu sei que sim, sei que sente tanto quanto eu... sim.. delicioso*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eros

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 21/03/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 8:42 am

Eram Onze horas e quarenta e cinco minutos. Os bombeiros continuavam apagar o fogo que insistia em queimar tudo a sua volta.

Enquanto isso Eros não havia despertado com os empurrões de Deg. Estava em um sono profundo, pouco sangue fluia dentro do meu corpo e a Besta aos poucos começava reivindicar por comida. Mas apesar da Besta ser muito poderosa, ela não conseguiu penetrar no meu sub-consciente afim de me despertar, pois o dano produzido pelo ataque do malkavian fora tremendo e que me faria dormir por incontáveis noites ou ao derramar sangue de qualquer ser em meus labios*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CAIN
Admin
avatar

Mensagens : 74
Data de inscrição : 19/04/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 8:48 am

Hey Você!!*um homem loiro gritou ao longe para Kristen. Tal homem vestia um pesado sobretudo negro, tinha um distintivo de Detetive pendurado no pescoço, a maneira como andava e se comportava era de uma pessoa arrogante e altiva. Seus passos eram apertados e ele tinha um semblante de preocupação na face. Kristen no entanto poderia notar que o sujeito era pálido demais para ser um reles mortal. Ao observar o distintivo por mais perto, ela pode ler o nome do detetive: "Detective Marc Thompson". Este nome estava ligado a um dos xerifes designados a mando do Principe da Camarilla para investigar e manter a ordem do seu território, ela imediatamente deveria concluir que, este cainita lhe traria problemas se a alcançasse*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vampiroamascara.forumeiros.net
Gabriel

avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 22/12/2009

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 9:06 am

"o que faço com esse cainita agora... se não acordar pode ser tarde demais... mass...
Dan.. o que faço?"

acaba com a dor dele, fraco.... ei ei olha.. hm interesses em comum deg?? olha pra frente

Deg... deixe a camarilla cuidar desse cainita.. Deg.. Degg...

*mais uma vez tentava fugir por entre o labirinto de portas e escadas sem fim... me escondendo mais uma vez de Dante e Denis*
"me deixem em paz um poco que seja... me deixemmm"
ei ei acorda amigao acorda vai..

*de repente quando viro a face para frente olhando a cainita se aproximando, não percebo o que acontecia ao redor... o delegado se aproximando da neofita, pois fiquei totalmente paralizado como um toreador olhando ela se aproximando*

"EI você.. consegue me ouvir?, sinto algo.. tu seria alguem que eu conhecesse? algum elo entre nós? por que consigu ouvir seus pensamentos tão livremente? Annie?


"não adianta se esconder de mim Deg... te encontrarei até no fim do mundo.. ei ei ta aproveitando né.. sabia que essa pose de santo era fantasia.. desde que não seja uma melação vai fundo garoto...

*outro lapso de memória me vem a frente.. era tão nítido quanto uma tela de cinema... podia ver meu irmão.. ensanguentado corria em minha frente.. seus cabelos eram brancos mas estavam manchados.. ele me gritava.. "corre corre, estarei sempre contigo meu irmão, isso não foi tua culpa... nos encontraremos em breve.. minha alma estará sempre contigo. espero que um dia lembre de mim... você não eh um demonio... nunca será..."
*novamente as lembranças são interrompidas.. mas dessa vez algo na minha mente mesmo bloqueara.. e a cainita se aproximava desembaçando a ilusão na minha frente, uma lágrima escorrera manchando minha face de vermelho e pingando nos lábios do homem caido*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kristen

avatar

Mensagens : 54
Data de inscrição : 23/04/2009
Idade : 30
Localização : Londres, Inglaterra

MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   Dom Mar 21, 2010 9:32 am

Eu estava pronta pra sair dali, quando ouvi uma voz me chamando. *Não é o momento! SAI, FIQUE LONGE DAQUI! CORRE, CORRE!*
Eu sabia que ia perder o pouco controle que ainda tinha em poucos minutos, se não segundos. Não ia dar tempo, precisava de sangue e meu humor estava se tornando raiva flamejante dentro de mim.*O que tinha acontecido a pouco? Eu tinha visto a aura dos indivíduos e logo após isso comecei a sangrar?* Não fazia o mínimo sentido, mas não podia pensar nisso agora precisava tomar uma decisão o mais depressa possível, a besta estava mais próxima do que eu jamais sonhei.

*Posso sair daqui depressa e me desgastar mais a ponto de perder totalmente o controle, sem saber o que acontecerá depois ou...* Giro os olhos a minha volta pra ponderar a situação e as possibilidades. *Posso atacar o ser que estiver mais perto, me acalmar e ai sim sumir daqui com urgência...*

Nenhuma possibilidade parecia boa, mas não tinha alternativa agora. Lembrei-me do amontoado de arvores de onde eu havia vindo e sabia que seria um ótimo lugar para agir, longe dos olhos curiosos dos humanos. *Agora a vitima* A garota cainita parecia vulnerável, mas já estava longe demais de mim e perto demais da confusão de pessoas. *Então o que resta...*

Me virei para o policial loiro sorrindo amigavelmente cumprimentando-o com um sinal de cabeça e antes que retomasse minha posição usei toda agilidade que tinha pra atacá-lo pela lateral, jogando-o para perto das arvores.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Aventura: Our Solemn Hour/Data: 20/03/2010
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Que lindo Amigo me Saístes (2010) Filme angolano By: Datte
» Pokémon - Aventura nas Nuvens.
» "Gru - O Maldisposto" (2010)
» 1º AVENTURA : O Resgate dos Anões (ON Topic)
» [Sugestão] Aniversário/Data de Nascimento

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Nightwalkers :: Campanha: :: R.P.G.-
Ir para: